A BÊNÇÃO DA OBEDIÊNCIA

Rev. Olivar Alves Pereira

Em Lv 25.20-22 lemos sobre a lei referente ao descanso da terra no sétimo ano. Deus ordenou aos israelitas que cultivassem a terra por seis anos, mas, no sétimo, a terra deveria ser deixada em repouso para se recuperar. A tentação de desobedecê-Lo era grande porque ficar um ano sem colheita seria muito difícil. Por isso mesmo Ele prometeu: “Então, eu vos darei a minha bênção no sexto ano, para que dê fruto por três anos” (v.21). Seria colheita para o sexto, sétimo e oitavo ano. Embora uma resposta de fé tivesse sido exigida aqui (eles tinham de deixar a terra em descanso no sétimo ano), Deus deu uma ordem que deveria ser cumprida por eles. Mas, é aqui que está uma linda verdade: *Deus primeiramente nos capacita e abençoa para depois exigir nossa obediência*. Somos mordomos de Deus, ou seja, tudo é Dele e nós apenas administramos e cuidamos, mas, haveremos de prestar contas a Ele de tudo (Mt 25.14-30). Muitos crentes não dizimam e nem ofertam dizendo que não sobra nada de seus salários para tal. Ora, se eles têm salários, já tem o que devolver (dízimos) e ofertar de acordo com suas possibilidades. Mas, não limitemos as lições deste texto somente a dízimos e ofertas. Ampliemo-las para todas as esferas da nossa vida. Tudo o que precisamos para obedecer a Deus Ele mesmo, com Seu divino poder já nos capacitou plenamente (2Pe 1.3-11). Obedecê-Lo é um privilégio. A bênção não está somente no final da obediência, mas, antes mesmo de cumprirmos o que Deus requer de nós.

About Olivar Alves Pereira

Pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil, Teólogo, Mestre em Ciências da Religião pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, professor de Teologia Sistemática, Teologia Contemporânea, Ética e História Bíblica, História e Teologia da Igreja, Educação Cristã e Teologia Sistemática, Sociologia e Ensino Religioso em seminários e escolas na região do Vale do Paraíba, também escreveu lições para a revista de EBD para os adultos da Editora Cristã Evangélica. É associado à Associação Brasileira de Conselheiros Bíblicos – ABCB. Na Política sou de Direita Conservadora.

This entry was posted in Aconselhamento Bíblico, Reflexão Bíblica. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *