Antes do sol se pôr

Em Ef 4.26 lemos: “Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira”. Este verso é uma citação do Sl 4.4 que diz: “Irai-vos e não pequeis; consultai no travesseiro o coração e sossegai”. O princípio bíblico aqui ensinado é o de que não devemos deixar de resolver um problema e nem mesmo postergá-lo ainda que seja para o dia seguinte.

Existem situações das quais não temos controle algum e por isso não podemos resolvê-las imediatamente. Mas, o primeiro passo para resolvê-las pode ser dado imediatamente, a saber: avaliar nossos sentimentos, palavras e ações. A isto a Bíblia chama de “consultar o coração”. Uma vez que consultamos nosso coração e encontramos pecado em nossos pensamentos, palavras e ações devemos pedir perdão a Deus. E para isso não precisamos esperar até o dia seguinte.

O primeiro passo na solução de problemas é admitir a própria culpa diante de uma situação de conflito. “Quando um não quer dois não brigam”, não é mesmo? Assim sendo, quando há um conflito temos uma parcela de culpa sim, tanto provocando a intriga como revidando à intriga.

A ira a qual a Bíblia nos permite ter é uma expressão de justiça em relação à Glória de Deus, ou seja, quando nos deparamos com o pecado tanto em nós como nos outros, devemos mostrar zelo pela Glória de Deus e assim combatermos o pecado. Essa ira não é uma expressão de fúria ou de raiva, mas, sim, de inquietação diante do pecado. Se a nossa ira for expressão de justiça própria, vingança ou algo parecido, então ela se tornou um pecado e estamos dando lugar para o diabo agir em nosso coração e promover ainda mais desgraça (Ef 4.27).

O segundo passo a ser dado na resolução de problemas é pedirmos perdão para aqueles com quem tivemos o conflito. Às vezes temos de esperar até o dia seguinte (ou até mais), contudo, devemos ter a firme resolução em nosso coração de procurarmos a pessoa o quanto antes. Muitos alegam que é bom as coisas “esfriarem” para serem resolvidas. Contudo, não é o que as pessoas acham, ou o que dizem os “especialistas”, mas, sim o que a Bíblia manda é o que devemos fazer, e ela nos manda “consultar o coração antes de dormir”, “não deixarmos o sol se pôr sobre a situação”, ou seja, resolvermos o quanto antes.

Uma figura que expressa bem esse ensino é o de uma pessoa que teve uma parada cardíaca. Quando é que devemos usar um desfibrilador ou outras técnicas de ressuscitação? O quanto antes, não é mesmo!? Se dissermos: “Esperemos até amanhã para empregarmos algum método de ressuscitação no fulano”, com toda certeza no dia seguinte estaremos sepultando-o, pois, o socorro veio tarde demais.

Não espere seu casamento acabar, ou aquela amizade que ficou arranhada morrer, só porque o seu orgulho o está impedindo de buscar e dar o perdão. O dia seguinte pode ser tarde demais e aí nada mais poderá ser feito.

Antes do sol se pôr, ou seja, antes de você se afastar da outra pessoa, ainda que seja só por uma noite e no dia seguinte você a encontrará, resolva o quanto antes. Que você use a Graça de Cristo que está à sua disposição para isso.

About Olivar Alves Pereira

Pastor da Igreja Presbiteriana da Vila Pinheiro, Jacareí - SP, Bacharel em Teologia e Mestre em Ciências da Religião pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, professor e membro do Conselho Acadêmico do Centro de Estudos Teológicos do Vale do Paraíba (CETEVAP), São José dos Campos -SP, onde iniciou em 2020 seu Mestrado em Aconselhamento Bíblico. É associado à Associação Brasileira de Conselheiros Bíblicos - ABCB. Na Política sou Conservador. Casado com Janaina F. S. A. Pereira e pai de Ana Cristina S. Pereira.
This entry was posted in Aconselhamento Bíblico. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.