BRINCADEIRAS NOS PREPARAM PARA A REALIDADE

Os pedagogos e teóricos da Educação estão corretos quando afirmam que é muito importante para a criança que ela brinque, e brinque muito, pois, a brincadeira desperta a imaginação, exercita a inteligência e o convívio com outras crianças. Porém, aqui eu gostaria de ressaltar um outro aspecto nada positivo das brincadeiras.

Em Provérbios 26.18-19 está escrito: “Como o louco que lança fogo, flechas e morte, assim é o homem que engana a seu próximo e diz: Fiz isso por brincadeira”. O que as Escrituras Sagradas estão dizendo com isso é: aquele que age com dolo e maldade em seu coração fazendo uma brincadeira com as pessoas é como um louco atirando flechas mortíferas contra as pessoas.

Simples brincadeiras apontando um deslise ou um jeito da pessoa agir, o que inicialmente é inofensivo, em pouco tempo tornar-se-á uma acusação pesada. Deixe-me explicar isso com um exemplo.

O marido tinha a mania de brincar com a esposa caçoando “carinhosamente” de suas curvinhas adquiridas com os anos. Um amigo até tentou alertá-lo dizendo que essas brincadeiras poderiam estar ofendendo sua esposa, ao que ele respondeu: “Ela sabe que faço isso por brincadeira”. Mas, ele não percebia o quanto isso a magoava, até que um dia ela não aguentando mais, pediu-lhe que parasse com aquelas “brincadeiras”, pois ela estava ficando triste. Foi então que ele soltou a bomba: “Não vejo porque se ofender com a verdade. você está uma baleia mesmo!”. O que antes era somente uma brincadeira, tornara-se um exercício fortalecendo a maldade em seu coração, a qual estava esperando o momento propício para aparecer e fazer um estrago terrível.

É bom sermos alegres e brincalhões, mas, devemos tomar muito cuidado com isso. Pode até ser que não tenhamos a intenção de enganar ou prejudicar alguém com uma brincadeira, mas, se esta brincadeira tornar-se repetitiva, mas, cedo ou mais tarde fará um estrago doloroso nos corações.

Rev. Olivar Alves Pereira

About Olivar Alves Pereira

Pastor da Igreja Presbiteriana da Vila Pinheiro, Jacareí - SP, Bacharel em Teologia e Mestre em Ciências da Religião pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, professor e membro do Conselho Acadêmico do Centro de Estudos Teológicos do Vale do Paraíba (CETEVAP), São José dos Campos -SP, onde iniciou em 2020 seu Mestrado em Aconselhamento Bíblico. É associado à Associação Brasileira de Conselheiros Bíblicos - ABCB. Na Política sou Conservador. Casado com Janaina F. S. A. Pereira e pai de Ana Cristina S. Pereira.
This entry was posted in Aconselhamento Bíblico. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.