Coisa de macaco

Temos presenciado um ataque cada vez mais intenso contra a Bíblia por parte dos “educadores”. Eles têm se empenhado cada vez mais para banirem de vez das escolas a Bíblia e qualquer ensino dela derivado. Alegam que pelo fato do nosso Estado ser laico, o ensino também deve ser.

Não estou falando de religião (embora a Bíblia seja o livro sagrado do Cristianismo), mas, estou falando da única verdade que pode transformar uma vida, libertá-la de seus pecados, vícios e temores. A Bíblia não é um livro de histórias, embora esteja repleta de histórias do povo de Deus nas quais encontramos seus fracassos e o constante amor de Deus por esse povo que agora é a Igreja de Cristo. A Bíblia é a minha história, é a sua história. Ela relata o quanto somos pecadores e depravados em nosso coração, e também relata o quanto Deus em Seu infinito amor pode nos amar mesmo sem merecermos.

Tenho minhas suspeitas de que desde quando esses “intelectuais da Educação” resolveram debochar da Bíblia banindo-a das escolas, trocando a linda verdade de que fomos criados à imagem e semelhança de Deus por essa aberração de uma evolução do macaco, é que nossas crianças resolveram se comportar como verdadeiros macacos.

Desde que o padrão elevado foi retirado da frente das crianças e substituído por um padrão símio, o resultado pior ainda está por vir. Ensinar nossas crianças que elas foram criadas por Deus e não são uma mera evolução estúpida e sem qualquer “elo perdido” encontrado, é muito mais que ensinar religião: é ensinar a razão delas existirem.

Rev. Olivar Alves Pereira

About Olivar Alves Pereira

Pastor da Igreja Presbiteriana da Vila Pinheiro, Jacareí - SP, Bacharel em Teologia e Mestre em Ciências da Religião pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, professor e membro do Conselho Acadêmico do Centro de Estudos Teológicos do Vale do Paraíba (CETEVAP), São José dos Campos -SP, onde iniciou em 2020 seu Mestrado em Aconselhamento Bíblico. É associado à Associação Brasileira de Conselheiros Bíblicos - ABCB. Na Política sou Conservador. Casado com Janaina F. S. A. Pereira e pai de Ana Cristina S. Pereira.
This entry was posted in Apologética. Bookmark the permalink.

7 Responses to Coisa de macaco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.