Cristo, o Verdadeiro Deus e a Vida Eterna – 6ª Mensagem

Cristo é a Nossa Vitória

1Jo 2.12-14

[audio:http://ubuntuone.com/2YLUBIedDJbs31WzSJB1v8]

O que é uma vida vitoriosa? Para muitos uma vida vitoriosa está relacionada com as posses e bens materiais adquiridos durante a vida, para outros é a carreira profissional bem sucedida. Mas, para um servo de Deus, a vitória está relacionada a uma pessoa, a saber, o Senhor Jesus Cristo. Cristo é a nossa vitória!

João recorre novamente ao assunto que vem discorrendo desde o início deste capítulo, a saber, a Palavra de Deus deve permanecer em nosso coração. Mediante a viva Palavra de Deus em nosso coração temos vitória:

1)      Sobre o pecado, v.12

Dirigindo-se afetuosamente àqueles irmãos como de costume, chamando-os de “Filhinhos”, João fez tal como o Senhor Jesus quando Se dirigiu a eles na última noite que esteve com eles (ver Jo 13.33).

João então lhe diz: “…eu vos escrevo, porque os vossos pecados são perdoados, por causa do seu nome”. O verbo “perdoar” aqui está no tempo perfeito e na voz passiva e indica que nossos pecados foram e permanecem perdoados por Deus.

Uma verdade muito importante a ser ressaltada aqui é que o perdão de Deus que nos é concedido por causa de Cristo é definitivo. Ao perdoar-nos Deus não deixa resquícios dos nossos pecados para depois lança-los em nosso cara por termos pecado novamente.

No cântico do rei Ezequias registrado em Is 38.9-20, e ele diz: “porque lançaste para traz de ti todos os meus pecados” (v.17). Deus não busca cada um desses pecados quando novamente nos aproximamos Dele e Lhe pedimos perdão por outros pecados cometidos. Ele lança para traz Dele. Toda vez que somos perdoados por Deus é como se fosse a primeira vez. E é justamente assim que devemos perdoar as pessoas que nos ofendem. Não devemos ficar levantando os pecados que foram perdoados no passado. Aliás, se trouxermos à tona pecados que foram perdoados e os lançarmos diante das pessoas, é sinal que não perdoamos de verdade.

Deus quer que sejamos vitoriosos sobre o pecado. Não se trata de uma opção, mas, de uma condição de vida que Deus estabeleceu para nós. O crente que não tem vitória sobre o pecado, não tem motivo algum para se declarar vitorioso.

Se o seu conceito de vida vitoriosa não contempla a vitória sobre pecados que escravizam então você precisa urgentemente rever seu relacionamento com a Palavra de Deus, pois, através da Palavra de Deus temos também vitória

2) Sobre o Maligno, v.13,14

João escreveu àqueles irmãos porque queria lhes mostrar que é através da Palavra de Deus que podemos vencer o Maligno: “Jovens, eu vos escrevo porque tendes vencido o Maligno” e no v.14  ele acrescenta: “Jovens, eu vos escrevi porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós, e tendes vencido o Maligno”.

Lendo esses versos eu me pergunto: onde estão esses jovens? Olhando ao nosso redor vemos tantos jovens escravizados em pecados, com suas vidas destruídas por Satanás.

Mas, eu creio na Palavra de Deus. Eu creio no poder de Deus para fazer com que jovens tornem-se vitoriosos sobre Satanás. Se eles permanecerem na Palavra de Deus e a Palavra de Deus permanecer neles eles serão vitoriosos.

É permanecendo na Palavra de Deus que você jovem não sucumbirá às tentações e ciladas do Maligno; é permanecendo na Palavra de Deus que você vencerá as investidas de Satanás a fim de afastá-lo da presença de Deus.

A Bíblia narra exemplos de jovens que se mantiveram firmes mesmo diante das duras investidas do Maligno porque seus olhos estavam fixos em Deus. Alguns exemplos: José que recusou a mulher de Potifar, pois, temia cometer tamanho pecado contra Deus (Gn 39.9); Daniel e seus companheiros Hananias, Misael e Azarias que decidiram firmemente não se misturarem com a cultura babilônica por amor a Deus (Dn 1.6-9); Timóteo e Tito que foram companheiros de Paulo e tornaram-se os líderes das Igrejas na Ásia.

Sim, é possível a um jovem viver na contramão dessa sociedade pecaminosa desde que seus olhos estejam fixos em Cristo e a Sua Palavra permaneça em seu coração.

Vencer o Maligno é a ordem, o desejo de Deus para os nossos jovens, porque uma vida de vitória na juventude trará grandes benefícios por toda a vida. Ao contrário de uma juventude enterrada no pecado, que segue sua própria vontade e trará para toda a sua vida a amargura e tristeza decorrentes de erros cometidos na juventude. Jovem, não desperdice sua vida com as ilusões deste mundo. Consagre-se a Deus para que toda a sua vida seja de vitória na presença Dele!

A Palavra de Deus permanecendo em nós nos fará vitoriosos

3) Sobre a escuridão da nossa alma, v.13,14

João diz ainda: “Pais, eu vos escrevo, porque conheceis aquele que existe desde o princípio” (v.13) e no v.14: “Filhinhos, eu vos escrevi, porque conheceis o Pai. Pais, eu vos escrevi, porque conheceis aquele que existe desde o princípio”. O que essas palavras nos mostram? Que o conhecimento de Deus só nos é possível porque Ele deu-Se a revelar a nós, e que o coração no qual a Palavra de Deus permanece, a escuridão da ignorância espiritual é desfeita e dá lugar à Verdade.

Aos pais compete passar para os filhos o conhecimento de Deus. O conhecimento de Deus não é algo estático, mas, dinâmico. Conhecer a Deus implica também em transmitir esse conhecimento às futuras gerações.

É importante lembrar que João estava combatendo os gnósticos que ensinavam que a salvação era conquistada através do conhecimento. Diziam que se alguém conhecesse a Deus, o simples conhecimento garantia a salvação à pessoa. João então como sempre mostra em sua carta que o conhecimento de Deus leva a pessoa a um relacionamento dinâmico com Deus, a uma vida produtiva e sempre crescendo em conhecimento e graça diante de Deus. O conhecimento de Deus nos leva à obediência a Ele.

 

O que Deus quer de você?

 

1) Saiba que você foi perdoado e viva como um perdoado. Muitos dizem que não “se sentem” perdoados por Deus e até chegam a duvidar do perdão de Deus. Não é sentir-se perdoado, mas, saber-se perdoado por Deus é o que importa.

2) Que você vença o Maligno. Para isso você deve ter como único objetivo de sua vida, a glória de Deus e a vontade Dele. Somente assim você não cairá na tentação de fazer a sua própria vontade.

3) Que você cresça no conhecimento de Deus. Que o seu coração tenha como alvo crescer nesse conhecimento, e isso significa pratica-lo a cada dia numa vida de inteira dependência da Sua Palavra.

Conclusão

          Em Cristo somos mais que vencedores. Fora Dele, qualquer sucesso é derrota.

Rev. Olivar Alves Pereira

São José dos Campos, 26/05/2013

About Olivar Alves Pereira

Pastor da Igreja Presbiteriana da Vila Pinheiro, Jacareí - SP, Bacharel em Teologia e Mestre em Ciências da Religião pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, professor e membro do Conselho Acadêmico do Centro de Estudos Teológicos do Vale do Paraíba (CETEVAP), São José dos Campos -SP, onde iniciou em 2020 seu Mestrado em Aconselhamento Bíblico. É associado à Associação Brasileira de Conselheiros Bíblicos - ABCB. Na Política sou Conservador. Casado com Janaina F. S. A. Pereira e pai de Ana Cristina S. Pereira.
This entry was posted in Mensagens Expositivas em 1ª João. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.