Cristo, o Verdadeiro Deus e a Vida Eterna – 8ª Mensagem

Cristo é quem nos revela o Deus Triúno

1Jo 2.18-27

[audio:http://ubuntuone.com/1Tl9UVaEuvyZzp6bxGy718]

É muito importante exercitarmos nossa inteligência e raciocínio enquanto estivermos estudando a Palavra de Deus. O raciocínio é uma das características únicas do ser humano. Os animais agem por instinto; os seres humanos têm a faculdade do raciocínio que precede às ações. Contudo, algo que não podemos nunca nos esquecer enquanto estudamos as Escrituras Sagradas é que elas tratam de assuntos que fogem à nossa compreensão exigindo de nós fé naquilo que elas dizem. Um exemplo disso é a doutrina da Santíssima Trindade. A Bíblia nos apresenta essa verdade, mas, não nos dá explicações através das quais podemos dizer que entendemos plenamente o assunto. Existem pontos nessa doutrina que podemos entender, mas, também, somos francos em admitir que no seu escopo geral ela foge à nossa compreensão. Assim sendo, essa doutrina exige de nós a fé muito mais que o entendimento.

No presente texto o apóstolo João nos fala justamente sobre isso: Cristo é quem nos revela o Deus Triúno. Meditemos nessa verdade nessa ocasião.

O ponto central desse trecho da carta é o v.20, que nos diz: “E vós possuís a unção que vem do Santo e todos tendes conhecimento” – e esta unção (o Espírito Santo) é que nos mostra que somos de Deus.

João ainda continua afirmando a necessidade de estarmos em Cristo. Permanecer em Cristo significa confiar somente Nele e em Seu sacrifício para sermos salvos; significa submeter a nossa vontade à vontade Dele. Devemos permanecer em Cristo porque Ele é aquele

1)      Em quem muitos não permanecem, pois, são anticristos, v.18,19,22,23a e 26.

João declara que estamos vivendo na “última hora” (v.18), ou seja, estes são os últimos tempos os quais vão desde a primeira até à segunda vinda de Cristo neste mundo. Estes últimos tempos têm como características o anticristo e os anticristos.

A Bíblia fala que o anticristo, essa figura maior da iniquidade se assentará no santuário de Deus (2Ts 2.3,4) mostrando assim que o seu intento é tomar o lugar de Cristo, roubar-Lhe a Sua glória e para isso, o anticristo também se coloca contra Cristo. Ele ainda conta com aliados, aos quais João chama de “anticristos”, ou seja, pessoas que negam a autoridade, a natureza divina e a humana de Cristo. Esses anticristos saem de dentro da Igreja, mas, nunca foram Igreja de Cristo, “porque se tivessem sido dos nossos, teriam permanecido conosco; todavia eles se foram para que ficasse manifesto que nenhum deles é dos nossos” (v.19).

Aqui eu quero chamar sua atenção para um fato muito sério. Você já pensou em desistir da Igreja? Algum momento você foi tentado a deixar a comunhão dos santos de Deus porque você acha que a Igreja está tentando controlar sua vida, ou que aqui dentro só tem gente hipócrita? Pois, bem, tome cuidado. Satanás está rondando seu coração a fim de afastá-lo da Família de Deus. Lembre-se que os que se afastam da Igreja de Cristo e passam a viver conforme sua própria vontade está deixando bem claro que é um anticristo.

O espírito do anticristo leva as pessoas à maior de todas as mentiras, a saber, que Jesus não é o Cristo, o Messias prometido, o Salvador da humanidade. Eu poderia mencionar uma lista de homens que se levantaram negando a Cristo, ridicularizando-O, duvidando de Seu poder e até mesmo de Sua existência. Seitas heréticas que afirmam que Cristo não é Deus, e dizem que somente o Pai é Deus estão negando a Cristo, e, portanto, são anticristos (v.23). Seitas que pregam que além de Cristo existem outros redentores dos homens, outros intercessores por nós junto a Deus, negam a Cristo, e, portanto, são anticristos.

Tais pessoas são mentirosas (v.22), e quem segue seus ensinamentos está envolto na mentira. E quando estiver diante do Trono de Deus no Dia do Juízo, não adiantará alegar que não teve conhecimento disso, pois, Deus deixou Sua Palavra escrita para que todos soubessem da verdade (v.26).

Devemos permanecer em Cristo porque Ele é aquele

2) Em quem somente os verdadeiros crentes permanecem, v.23b, 24,25 e 27.

Os v.20 e 27 nos falam de uma unção que os crentes recebem em seus corações. Essa unção é o Espírito Santo que é concedido ao crente no momento de sua conversão. O Deus Pai e o Deus Filho concedem ao coração do crente o Seu Espírito Santo que tanto é identificado como sendo de Um como do Outro (cf. Rm 8.9).

O Espírito Santo no coração do crente é o seu Mestre e o ensina “a respeito de todas as coisas” (v.27). Essa é a promessa de Cristo nos fez com relação ao Espírito Santo que está registrada em Jo 14.26 e 16.13.

O Deus Pai e o Deus Filho nos concedem o Deus Espírito Santo, o Qual nos conduz na revelação das verdades concernentes a Cristo. É assim que o Deus Triúno age no coração do crente levando-o ao pleno conhecimento de Seu Ser, e ao entendimento daquilo que Ele quer que o crente tenha.

É o Espírito Santo derramado no coração do crente que o leva a confessar a Cristo como o Filho de Deus, como o Deus Salvador. E quem assim confessa a Cristo, tem em seu coração também o Pai (v.23b).

É o Espírito Santo no coração do crente que faz permanente nele a Palavra de Deus, e uma vez que a Palavra de Deus permanece no coração do crente, este também permanece tanto no Filho quanto no Pai, v.24.

É o Espírito Santo no coração do crente que lhe garante a vida eterna, v.25. O Espírito Santo é o penhor divino, a garantia que Deus dá ao crente de que no dia da volta do Senhor Jesus quando Ele vier para buscar a Sua Igreja, aqueles que tiverem o Espírito Santo em seu coração é que serão recolhidos na Glória Eterna (cf. Ef 1.14).

Em nossos dias, os movimentos conhecidos como carismáticos falam tanto de unção, mas, da forma como eles enfatizam fazem parecer que a unção é algo que um pregador ou líder tem em si e de si mesmo. Se alguém chama a atenção para si e não para Deus, então essa unção é um exibicionismo carnal através do qual alguns tentam se sobressair aos demais. A unção do Espírito Santo é a presença Dele no coração da pessoa, a qual se faz ver por meio do Seu fruto (Gl 5.22,23) gerado no coração do crente.

Voltando ainda para o v.27 é importante destacarmos aqui que:

a)   Qualquer conhecimento ou meio para conseguir o conhecimento de Deus que estiver divorciado da pessoa do Espírito Santo, nos afastará ainda mais de Deus. Estude com dedicação as Escrituras, busque orientação dos mais experientes na Fé, mas, tudo isso deve ser submetido ao Espírito Santo;

b)  Somente permanecendo na Palavra e em total dependência do Espírito Santo é que teremos condições de praticar o que o Espírito Santo nos ensina através da Palavra de Deus.

O que Deus quer que você faça?

1)      Dedique-se ao estudo da Palavra de Deus: O Espírito Santo prometeu transformá-lo, mas, não sem a Palavra de Deus;

2)      Dependa totalmente do Espírito Santo: Ele é o grande Mestre que o Senhor Jesus lhe prometeu para ajuda-lo a não somente entender a Palavra, mas, para praticá-la.

3)      Rejeite qualquer ensinamento contrário à Palavra de Deus: não se esqueça que quanto mais nos aproximarmos do fim dos tempos, tanto mais se levantarão falsos mestres ensinando coisas contrárias à Palavra de Deus.

Conclusão

          Em tempos em que anticristos têm se levantado apontando para o anticristo, permaneça em Cristo, mostrando que o Espírito Santo está em você conduzindo-o para a glória do Pai.

Rev. Olivar Alves Pereira

São José dos Campos, 09/06/2013

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

About Olivar Alves Pereira

Pastor da Igreja Presbiteriana da Vila Pinheiro, Jacareí - SP, Bacharel em Teologia e Mestre em Ciências da Religião pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, professor e membro do Conselho Acadêmico do Centro de Estudos Teológicos do Vale do Paraíba (CETEVAP), São José dos Campos -SP, onde iniciou em 2020 seu Mestrado em Aconselhamento Bíblico. É associado à Associação Brasileira de Conselheiros Bíblicos - ABCB. Na Política sou Conservador. Casado com Janaina F. S. A. Pereira e pai de Ana Cristina S. Pereira.
This entry was posted in Mensagens Expositivas em 1ª João. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.