DOIS EM UM

Rev. Olivar Alves Pereira

Todo pecado cometido, nunca é um só, mas, sempre dois pecados; é o pecado em si, e o pecado de dar as costas para Deus ignorando a Sua santa vontade. Veja, por exemplo, o que Deus disse em Jr 2.13: “Porque dois males cometeu o meu povo: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm as águas”. Israel havia cavado para si cisternas rotas, sem água e lamacentas, quando deram as costas para Deus, Aquele que é o “manancial de águas vivas”.

          Todas as vezes que cometemos um pecado, por exemplo, uma mentira, ódio, ressentimento, preguiça, maledicência, não é só esse pecado cometido que deve ser contado, mas, também o pecado que nos levou a esses pecados, a saber, dar as costas para Deus.

          Diante disso, algumas verdades precisam ser frisadas aqui:

          Nenhum pecado é completa e verdadeiramente vencido enquanto não confessarmos o pecado cometido juntamente com o pecado de termos desprezado a vontade de Deus. A pessoa que estiver lutando contra um vício, não o vencerá enquanto não reconhecer que o que o levou ao vício não foi apenas a sua curiosidade, ou fuga, ou qualquer outro motivo, mas, sim, o fato de ter dado as costas para Deus, de ter desprezado “as águas de vida”, a plena felicidade e satisfação possíveis somente Nele. Enquanto o maledicente não compreender que a sua maledicência resultou de seu coração egoísta e prepotente que deu as costas para Deus ignorando a Sua vontade de que Seus filhos tenham lábios puros, o maledicente não vencerá esse pecado em sua vida, e não descobrirá a plena satisfação de usar sua boca para glorificar a Deus e promover o bem das pessoas.

          Ao confessarmos qualquer pecado devemos confessar também o pecado de ter desprezado a Deus. Sempre são “dois em um”; sempre serão dois pecados cometidos quando um pecado for cometido. Logo, ao confessar um pecado, lembre-se do outro também.

          Enquanto não compreendermos que todas as vezes que pecamos estamos seguindo o nosso coração enganoso que nos faz acreditar que a nossa vontade é melhor que a vontade de Deus, também não venceremos o pecado e nem nos deleitaremos na glória de Deus.

About Olivar Alves Pereira

Pastor da Igreja Presbiteriana da Vila Pinheiro, Jacareí - SP, Bacharel em Teologia e Mestre em Ciências da Religião pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, professor e membro do Conselho Acadêmico do Centro de Estudos Teológicos do Vale do Paraíba (CETEVAP), São José dos Campos -SP, onde iniciou em 2020 seu Mestrado em Aconselhamento Bíblico. É associado à Associação Brasileira de Conselheiros Bíblicos - ABCB. Na Política sou Conservador. Casado com Janaina F. S. A. Pereira e pai de Ana Cristina S. Pereira.
This entry was posted in Reflexão Bíblica. Bookmark the permalink.

2 Responses to DOIS EM UM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.